Rotinas de DP

4 dicas para reduzir o turnover na sua empresa

Employer RH
Escrito por Employer RH

Neste artigo, vamos falar de um dos pontos do RH que tornam sua atuação estratégica para os resultados da empresa: a diminuição do turnover. O termo vem do inglês e mede o índice de rotatividade de funcionários. Ainda que pedidos de desligamento sejam um movimento natural dentro das empresas, quando o índice de turnover é muito alto significa que alguma coisa precisa ser revista nos processos de RH.

Os motivos que levam um empregado a pedir sua dispensa são inúmeros, desde razões financeiras até emocionais. Se a sua empresa possui grande rotatividade, é hora de uma avaliação aprofundada das políticas de RH, do ambiente de trabalho, dos planos de carreira e de todos os fatores que trazem mais satisfação aos empregados. E esta é uma atribuição importante do RH: analisar indicadores, avaliar o desempenho dos colaboradores e promover seu crescimento dentro da empresa de acordo com suas competências.

 Para começar, vamos comentar alguns pontos que aumentam o turnover?

  1. Má gestão das políticas de RH

Adiar férias de funcionários, atrasar pagamento de salários e/ou benefícios e não dar feedbacks periódicos são fatores que levam à desmotivação dos empregados. A sensação de ser “invisível” ou “só mais um” faz com que as pessoas busquem oportunidades no mercado e mudem de emprego em busca de oportunidades onde haja mais reconhecimento.

  1. Problemas de hierarquia

Em muitas empresas, a palavra do gestor da área é a única que vale. Empregados que não são ouvidos ou que têm problemas e conflitos com seus gestores são mais propensos a procurar outra oportunidade no mercado de trabalho. Isto porque trabalhar sob pressão, tendo uma relação ruim com os superiores, é um fator de estresse muito grande.

  1. Ausência de plano de carreira

Especialmente no cenário político-econômico pelo qual o Brasil passa, aumentar a remuneração dos empregados tornou-se um desafio. No entanto, esta é uma das maiores frustrações dos colaboradores. Há muitos empregados que estão há três, quatro anos na mesma empresa; só recebem os aumentos promovidos pelos dissídios da categoria e sentem-se desvalorizados. Outro erro que afeta os empregados é contratar alguém com as mesmas competências mas com um salário mais alto, por exemplo. É fundamental que o RH tenha planos de carreira claros e de conhecimento de toda a equipe.

  1. Descumprimento de acordos feitos na contratação

Ainda que o regime celetista regulamente muitos pontos na hora da contratação, há outras questões que são acordadas caso a caso durante o processo. Um erro bastante comum é contratar o empregado e prometer que, após o período de experiência, haverá aumento de salário. Esta promessa é feita por muitos gestores e esquecida com o passar do meses. Fica o lembrete: não “prometa” nada, faça a contratação dentro das possibilidades da empresa e ofereça novos benefícios ou aumento de salário de acordo com a produtividade e dedicação do empregado.

Agora vamos às dicas de como reduzir o turnover na sua empresa

É importante que o gestor de RH esteja atento aos movimentos dos empregados. Há muita gente pedindo demissão? Qual o índice de turnover nos últimos seis ou doze meses? Por que isso está acontecendo? Como posso diminuir este índice?

  1. Descubra quais são os principais problemas

Quando um empregado pede o desligamento, é papel do RH estabelecer uma conversa clara para compreender os motivos da demissão. Recebeu uma proposta salarial melhor? Tem problemas com algum colega ou superior? Está frustrado com alguma política praticada pela empresa? Descobrir estas respostas não só ajuda a compreender os problemas, mas também facilita a tomada de decisões. É possível cobrir a proposta salarial que ele recebeu? Ou gerir os conflitos na área em que ele trabalha? Investir o tempo do RH para tratar destas informações pode reverter um pedido de demissão. Vale lembrar que quanto mais alto for o turnover, maiores são os gastos da empresa com rescisões. Ao invés de gastar com rescisões, que tal investir no seu capital humano?

  1. Faça autoavaliações periódicas

As empresas estão acostumadas a fazer avaliações de desempenho, produtividade e assiduidade dos empregados. Mas o autoconhecimento é muito importante para a sobrevivência dos negócios. E, claro, também ajuda a diminuir a rotatividade de empregados. Sua empresa tem um bom ambiente de trabalho? O que pode ser melhorado? Os pedidos dos empregados são atendidos com prontidão? A infraestrutura – computadores, mesas, cadeiras – é confortável? Abrir espaço para o diálogo é uma ótima maneira de transformar sua empresa e oferecer um bom ambiente de trabalho a todos. 

  1. Acompanhe o mercado

Ficar de olho no segmento de atuação da sua empresa e também no mercado profissional é uma dica importante para os gestores de RH. Acompanhar as notícias de RH e de economia ajuda a balizar as políticas da sua empresa. Os salários estão de acordo com o mercado? Como está o ritmo de contratação no setor? Informações como estas contribuem para rever e melhorar políticas e planos de carreira.

  1. Faça a gestão de pessoas de forma estratégica

O último e mais importante ponto deste artigo. Muitas empresas perdem bons profissionais pelos motivos citados anteriormente. Mais do que avaliar o desempenho de cada empregado, é preciso prover a cada um ferramentas para o desenvolvimento profissional. Identificar perfis de liderança, direcionar pessoas para trabalhar de forma mais produtiva, promover cursos e treinamentos são formas de potencializar e valorizar o seu capital humano.

Agora que você já entendeu um pouco melhor os motivos que levam empregados a pedir demissão, que tal avaliar como é feita a gestão de pessoas na empresa onde você trabalha? Dedique seu tempo a pensar em novos formatos de avaliar a empresa e seus empregados, converse com os gestores, reveja as políticas internas. O capital humano é um bem precioso para os negócios!

Quer mais alguma dica sobre este assunto? Faça a sua pergunta! Com mais de 30 anos de expertise em RH, a Employer ajuda a sua empresa a se tornar mais estratégica.

 

Sobre o autor

Employer RH

Employer RH

Fundada em 1986, a Employer RH é reconhecida pela excelência na prestação de serviços de contratação, gestão, terceirização, administração de mão de obra temporária e de estágios.
É uma empresa de RH que desenvolve projetos de software e serviços online e na nuvem para este setor, como: folha de pagamento, benefícios ao trabalhador, ponto eletrônico, painel do RH, banco de currículos e gestão de cargos e salários.
A matriz localizada em Curitiba, conta com o apoio de mais de 30 filiais que atendem empresas de médio e grande porte de todas as regiões do Brasil.

Deixar comentário.

Share This