Rotinas de DP

Como identificar perfis de liderança

perfis de liderança
Employer RH
Escrito por Employer RH

Eles podem estar na empresa ou no mercado, em busca de uma nova colocação. Seja qual for a situação, há elementos importantes relacionados a perfis de liderança. Você sabe como identificá-los? Neste artigo, a Employer fala sobre recrutamento e desenvolvimento de gestores.

Inteligência emocional, amplos conhecimentos técnicos, espírito inovador, perfil colaborativo e habilidade em gestão de equipes. Elencar as principais características de um líder é uma tarefa relativamente simples. Mas identificar estas pessoas – seja em uma entrevista ou no quadro de colaboradores – exige conhecimentos específicos do gestor de RH.

Você sabe que ferramentas pode utilizar para esta atividade? A Employer traz neste artigo algumas técnicas que ajudam na identificação de líderes. Afinal, trabalhar com gestão de pessoas envolve o desenvolvimento de carreiras que ajudam a alcançar os resultados positivos dos negócios.

1. Pela análise de desempenho

Uma das tarefas do gestor de RH é organizar as avaliações regulares de desempenho. É por meio dos resultados das entrevistas de feedback que você começa a identificar possíveis líderes dentro das equipes. E isso vai muito além dos números: é preciso ter habilidade analítica para descobrir como as avaliações de desempenho apontam possíveis líderes.

Em um artigo anterior, a Employer apresentou oito indicadores importantes para o RH. Destacamos aqui, alguns pontos importantes que você deve analisar no desempenho dos empregados:

– Comprometimento. A expressão “vestir a camisa” é um elemento bastante presente em empregados com perfil de liderança. Independente do cargo que ocupam, são extremamente comprometidos com horários, entregas e com o desenvolvimento de atividades focadas em resultados.

– Autodesenvolvimento. Empregados que estão sempre em busca de novos conhecimentos, dentro e fora de sua área de atuação, conseguem agregar mais competências à sua atuação profissional.

– Excelência. Baixos índices de absenteísmo, cumprimento de prazos e capacidade de trabalhar em harmonia são características dos profissionais excelentes. No geral, são ambiciosos de forma muito positiva. Estão em busca de crescimento e entendem que a excelência no trabalho é fundamental para o desenvolvimento de suas próprias carreiras.

2. Pelo perfil comportamental

Um bom líder é aquele que consegue motivar a equipe. Esta característica também é encontrada em profissionais de cargos intermediários. São aqueles que buscam um ambiente de trabalho produtivo e colaborativos. Algumas características destas pessoas:

Bom relacionamento interpessoal. Há pessoas que, mesmo não tendo papel de liderança, exercem influência positiva sobre colegas e sobre os próprios líderes. São capazes de impedir (ou solucionar) conflitos e criar formas de trabalho que agregam sinergia e disposição aos seus pares.

– Proatividade. São empregados que não esperam uma tarefa chegar. Sempre que há um novo projeto, geralmente são os primeiros a buscar informações, iniciar suas pesquisas e pensar no desenvolvimento das tarefas.

– Tendência a inovação. Especialmente no cenário competitivo dos negócios, profissionais inovadores são aqueles capazes de fazer a diferença. Seja para rever e otimizar um processo simples, seja para buscar soluções a problemas mais complexos. A inovação é considerada característica essencial dos líderes na era digital.

– Habilidade de negociação. Aqui, vale pensar em negociação de forma mais ampla. Um líder precisa ter jogo de cintura tanto para negociar prazos e tarefas internamente quanto para desenvolver negócios com clientes e fornecedores.

Contratação de líderes

Acima, você viu alguns pontos que auxiliam gestores de RH a encontrar perfis de liderança dentro da própria equipe. Mas também é necessário identificar estes perfis em processos de contratação, já que muitas vezes surgem demandas por gestores vindos do mercado. Aqui, a Employer trouxe algumas dicas para fazer uma boa avaliação de currículos. Depois da primeira triagem, é chegada a hora de entrevistas e testes. Como identificar se aquele profissional pode ser o líder que você procura?

1. Pelo crescimento nas experiências anteriores

Um profissional que iniciou a carreira e alcançou posições maiores dentro de um plano de carreira certamente terá habilidade para desenvolver-se como líder. Atenção a um ponto importante: nem sempre você precisa contratar alguém que já ocupou cargos de gestão. Muitas vezes, é na sua empresa que ele enfrentará este desafio.

O mais importante aqui é avaliar os períodos que passou em cada cargo e como chegou a cada um deles. É esta “escada” que ajuda a definir alguns dos elementos que você viu no capítulo anterior deste texto.

2. Pelas realizações anteriores

Um ponto de destaque nos currículos de profissionais líderes são as realizações em cada experiência profissional. Preste atenção ao que diz o histórico profissional: quais foram os resultados alcançados? Profissionais de gestão já têm por hábito colocar números, conquistas e projetos de destaque em seus resumos profissionais. Você também pode entender melhor estas conquistas por meio da entrevista presencial, caso não estejam sinalizadas no currículo.

3. Pelo tempo de experiência

Nem todos os profissionais com ampla vivência possuem características de liderança. Neste caso, você também pode apostar em desenvolvê-lo em funções de gestão. Para isso, o tempo de experiência profissional é um diferencial. Quanto mais tempo de atuação o profissional contar, maiores são as chances de que possa assumir uma posição de líder.

Isso acontece porque a vivência do dia a dia em uma empresa é responsável por criar visões mais abrangentes de trabalho. Com o passar do tempo, um profissional adquire conhecimentos de negócios, domínio de projetos, entende melhor as hierarquias e passa a trabalhar no seu desenvolvimento em cenários distintos.

Contratar novos profissionais ou desenvolver aqueles que estão na empresa?

A resposta para essa pergunta está diretamente relacionada às necessidades do negócio. Geralmente, quando se trata da abertura de novas frentes de trabalho, os empregadores buscam profissionais mais experientes no mercado. Isso pode ser muito importante se você pensar no quesito competitividade, já que profissionais com vivência em negócios similares podem trazer outra visão de mercado para a sua empresa.

Se a opção for pelo desenvolvimento de líderes dentro do seu quadro de pessoal, você certamente também terá boas opções. A principal vantagem refere-se ao trabalho do próprio gestor de RH, que tem as ferramentas e pessoas necessárias para atuar no desenvolvimento de carreiras. Além disso, valorizar a retenção de talentos é uma prática bastante positiva para agregar valor à missão do seu próprio negócio.

Na sua opinião, quais são os maiores desafios no desenvolvimento de líderes atualmente? Conte sua experiência no espaço de comentários.

 

Sobre o autor

Employer RH

Employer RH

Fundada em 1986, a Employer RH é reconhecida pela excelência na prestação de serviços de contratação, gestão, terceirização, administração de mão de obra temporária e de estágios.
É uma empresa de RH que desenvolve projetos de software e serviços online e na nuvem para este setor, como: folha de pagamento, benefícios ao trabalhador, ponto eletrônico, painel do RH, banco de currículos e gestão de cargos e salários.
A matriz localizada em Curitiba, conta com o apoio de mais de 30 filiais que atendem empresas de médio e grande porte de todas as regiões do Brasil.

Deixar comentário.

Share This