Rotinas de DP

Como fazer uma boa gestão de líderes? Veja pontos importantes

Employer RH
Escrito por Employer RH

Uma boa gestão de pessoas envolve um trabalho de acompanhamento junto às lideranças da empresa. E também passa pelo processo de recrutamento, seleção e desenvolvimento dos futuros gestores.

Você já sabe que o RH tem um papel estratégico dentro das empresas. É o setor responsável por tratar dos colaboradores com foco no desenvolvimento profissional– atividade que tem como fim levar resultados positivos para a empresa.

A gestão de pessoas, no entanto, passa por vários processos. Começa na contratação, com definição de cargo, atividades e remuneração.  E tem continuidade no dia a dia, com o desenvolvimento do plano de carreira de cada colaborador. Dentro disso surgem os desafios: como lidar com perfis diferentes, gerenciar times e gestores para obter sinergia na rotina?

Durante esta jornada, o profissional de RH vai se deparar com colaboradores que têm habilidades bastante diferentes. Neste artigo você vai entender um pouco melhor como atuar na gestão de pessoas com perfil de liderança. Confira a seguir algumas dicas importantes!

O RH na gestão de líderes em atuação

Quando um profissional chega à posição de liderança, isto significa que já trilhou parte de sua carreira. E também significa que, assim como todos os empregados, ele precisa de suporte, capacitação e inteligência emocional para lidar com a responsabilidade que uma função de gestão exige.

Como o RH pode contribuir com esta carreira?

O papel da gestão de pessoas junto aos líderes busca promover um ambiente de trabalho cada vez mais produtivo e harmônico. Alguns pontos importantes para você prestar atenção:

– Produtividade da equipe. Um bom líder é aquele que consegue extrair o melhor de seu time. Um profissional que sabe combinar bons resultados com motivação de pessoas. Em grandes empresas é muito comum que somente os líderes “apareçam”. O RH contribui fazendo o acompanhamento de todas as pessoas da equipe, tanto na produtividade quanto no relacionamento com seus líderes.

– Reuniões de desenvolvimento. Líderes também precisam de aperfeiçoamento. São constantemente expostos a novos desafios, mudanças e situações que exigem capacidade técnica avançada. É fundamental fazer reuniões periódicas com as lideranças da empresa para entender suas necessidades e buscar ferramentas para suprir as demandas de evolução de carreira. Cursos de empreendedorismo, gerenciamento de projetos e inteligência emocional: o mercado está repleto deles. Busque soluções!

– Gestão de conflitos. Especialmente em grandes equipes, com pessoas de diferentes perfis que trabalham juntas, conflitos são bastante comuns. O líder tem o papel de promover um bom ambiente, mas também precisa estar focado em suas demandas.

É aí que entra o RH: um profissional múltiplo especializado em promover um ambiente de trabalho produtivo. É ele quem orienta o líder na gestão destes conflitos: como posso contribuir para gerar um bom ambiente? Quais as dificuldades de gestão que este líder tem, e como posso ajudar a resolvê-las? Saber escutar é condição básica: todos os empregados precisam ter voz ativa. Isso também ajuda a diminuir a insatisfação com o trabalho.

O RH no desenvolvimento de futuros líderes

Você sabe quais são as características mais comuns em pessoas com potencial de liderança? Em artigo publicado na Revista Exame, Marina Cristina Ortiz de Camargo (professora da Business School São Paulo) aponta algumas destas características:

  1. Propensão inata para liderar;
    2. Habilidade de trazer para fora o melhor dos outros;
    3. Autenticidade no comportamento e valores;
    4. Ser receptivo a feedback;
    5. Demonstrar agilidade no aprendizado;
    6. Compreender diferentes culturas;
    7. Ter paixão por resultados;
    8. Adaptabilidade, ou seja, habilidade para mudar;
    9. Pensamento conceitual;
    10. Saber lidar com as incertezas.

Com base nisso, aí vão três dicas para ajudar o RH no desenvolvimento de futuros líderes.

  1. Crie indicadores de liderança

Quais são os atributos quem um líder precisa ter dentro da área de atuação da empresa? Para poder avaliar os profissionais, o ideal é ter um check list com indicadores básicos e específicos. Entre os básicos, destacam-se: agilidade, facilidade de relacionamento, inteligência emocional, habilidade em gerir projetos, comprometimento com entregas.

Os indicadores específicos podem ser criados com foco no negócio. Quer um exemplo prático?

Imagine que você trabalha em uma empresa alimentícia. O líder precisa conhecer profundamente a área: insumos, processos fabris, gestão de produção, conhecimento de mercado.

Para trazer este exemplo para a sua realidade, faça uma lista dos processos que envolvem toda a cadeia produtiva. Do produto final à concepção deste mesmo produto há uma série de pessoas envolvidas, um planejamento financeiro, um objetivo estratégico. Os líderes dominam todos estes aspectos?

A partir destes indicadores é possível avaliar periodicamente o desenvolvimento de líderes. Você pode começar de uma maneira simples, aplicando notas de 1 a 10 para cada atributo. A soma dos resultados ajuda a identificar pontos que precisam ser melhor trabalhados e aqueles que já estão em pleno desenvolvimento.

  1. Pense em capacitação

Um bom líder está em constante aprendizado. Ele acompanha notícias de mercado, estuda, propõe processos novos e melhorias. Qual é o papel do RH dentro deste cenário? Contribuir para este aprendizado!

Como profissional da área, você tem acesso a cursos e ferramentas de gestão que podem ser aplicados dentro do seu negócio. Este é um trabalho que não pode parar: em um mercado cada vez mais competitivo, manter-se atualizado e investir na profissionalização das equipes pode fazer toda a diferença.

  1. Perfis psicológicos: use-os com cautela

Há muitas técnicas e literatura sobre gestão de líderes. Todo conhecimento é bem-vindo! Mas a gestão de pessoas é um processo orgânico, que se transforma ao longo da jornada. Trabalhar com perfis psicológicos no recrutamento e seleção de líderes ajuda a definir horizontes – mas no dia a dia, você precisa estar apto para compreender que cada pessoa tem uma resposta frente a desafios e mudanças.

Afinal, um líder nasce com este perfil? Será que é possível criar líderes durante a vida profissional? A resposta para as duas perguntas é sim! Líderes precisam de oportunidades para mostrarem seu potencial. O RH os ajuda a criar e aproveitar estas oportunidades.

Dicas em mão, é hora de partir para a prática. Conte para a Employer como funciona seu processo de gestão de líderes!

 

Sobre o autor

Employer RH

Employer RH

Fundada em 1986, a Employer RH é reconhecida pela excelência na prestação de serviços de contratação, gestão, terceirização, administração de mão de obra temporária e de estágios.
É uma empresa de RH que desenvolve projetos de software e serviços online e na nuvem para este setor, como: folha de pagamento, benefícios ao trabalhador, ponto eletrônico, painel do RH, banco de currículos e gestão de cargos e salários.
A matriz localizada em Curitiba, conta com o apoio de mais de 30 filiais que atendem empresas de médio e grande porte de todas as regiões do Brasil.

Deixar comentário.

Share This