Rotinas de DP

5 boas práticas para motivar empregados

motivar empregados
Employer RH
Escrito por Employer RH

“A persistência é o caminho do êxito”. A frase de Walt Disney inicia este artigo sobre motivação. Manter uma equipe unida, produtiva e satisfeita com suas atividades pode ser um grande desafio. A seguir você confere 5 dicas para colocar em prática no setor de RH e proporcionar um ambiente estimulante para os empregados.

Para você, o que é motivação? O que estimula seu crescimento profissional? Um novo desafio, uma promoção, a convivência com os colegas, o elogio de um superior? Cada profissional tem seus próprios anseios, necessidades e razões diferentes para se sentir motivado no dia a dia.

Por isso, antes de iniciar a leitura deste texto, pense em suas próprias motivações. Quais foram os momentos mais desafiadores da sua carreira? O que você aprendeu com cada um deles?

Agora que você já refletiu um pouco sobre sua própria motivação, é hora de trazer este conceito para o RH e para as lideranças. Lidar com as expectativas, ambições e frustrações de cada empregado pode ser um grande desafio no seu dia a dia. É papel do departamento de gestão de pessoas, apoiado pelos líderes, trabalhar essas diferenças, promover um ambiente estimulante e encontrar formas de manter a equipe motivada.

Para começar: o que é motivação?

É um conjunto de motivos que leva os empregados a desenvolverem suas atividades de forma mais prazerosa. Entre eles, razão, emoção e dedicação ao trabalho. Isso passa por um bom ambiente na empresa, infraestrutura adequada e relacionamento positivo com colegas e superiores. Trabalhadores motivados são mais felizes, produtivos e buscam maneiras de crescer na empresa, o que afeta diretamente os resultados dos negócios.

Práticas que contribuem para a motivação dos empregados

Entre todas as funções do RH, desenvolver estratégias junto com os líderes para estimular o quadro de colaboradores é uma das mais importantes. Um departamento que atua de forma motivacional está presente na rotina do empregado desde o primeiro dia de trabalho. A motivação começa na acolhida e passa pelas conversas sobre desempenho, que ajudam a melhorar o perfil profissional do indivíduo.

A Employer separou algumas sugestões de boas práticas de gestão de pessoas para te auxiliar nesta tarefa. Confira a seguir.

1. Siga uma política de cargos e salários

Mais importante do que ter esta política dentro dos negócios é colocá-la em prática. Assim que o trabalhador inicia suas atividades na empresa, mostre a ele quais são as possibilidades de ascensão. Faça avaliações regulares e cumpra o calendário de promoções de função e reajuste salarial de acordo com a proposta.

2. Invista em qualidade de vida

Pessoas passam a maior parte do dia no trabalho. O discurso de “ter qualidade de vida” deve ser trazido para dentro dos escritórios e fábricas. Para isso você precisa planejar ações focadas em aspectos benéficos ao colaborados, como saúde.

Dois bons exemplos são a ginástica laboral e programas de palestras para melhorar o bem-estar. Com o acompanhamento de profissionais da área médica, nutricional e esportiva, inclua conteúdos sobre estes assuntos na rotina dos trabalhadores. Essas ações também contribuem para deixar os empregados fisicamente mais dispostos.

3. Avalie as possibilidades de gratificação

Sabe aquele quadrinho com a foto do “funcionário do mês” que você vê em lojas e restaurantes? Ele não está lá à toa. Geralmente esta ação faz parte de um programa motivacional mais amplo. O objetivo é destacar empregados que têm bons resultados em pontos como agilidade, entrega e relacionamento.

O termo “gratificação”, no entanto, vai além da foto exposta em um ambiente da empresa. O bônus financeiro é um grande fator motivador. E não há nenhum problema nisso. Pessoas trabalham para levar bons resultados monetários para os negócios e para seu próprio conforto.

A gratificação financeira é bastante comum em empresas com metas de vendas, principalmente em equipes comerciais. Os executivos desta área estão acostumados a trabalhar com metas financeiras, sobre as quais incide sua remuneração variável.

Mas há também outras formas de bonificação. Confira no tópico a seguir.

4. Crie programas de crescimento comportamental

O desenvolvimento e a motivação do empregado são pontos que têm muita relação entre si. É possível complementar sua política de cargos e salários com outros acréscimos além da promoção. Você pode incluir benefícios voltados ao desenvolvimento, como a coparticipação em cursos de especialização quando um colaborador for promovido.

Invista também em treinamentos relacionados a aspectos comportamentais, como palestras sobre inteligência emocional, práticas de negociação, oratória e atendimento. Estes programas contribuem para que o indivíduo faça novas descobertas, tenha mais autoconhecimento e se sinta mais motivado a crescer.

5. Trabalhe pelo desenvolvimento comportamental

Que tal incluir mais indicadores comportamentais na sua análise? Como você viu no início deste artigo, cada trabalhador tem aspirações, perfis e personalidades diferentes. Há bons empregados que são focados em metas mas têm problemas recorrentes causados por estresse, por exemplo. São pessoas que têm dificuldades em lidar com prazos curtos e pressão, mas não deixam de entregar um projeto.

É importante lembrar que o feedback também é um fator motivador, pois as pessoas querem saber como estão se saindo, além de ainda poderem expressar suas opiniões. Para organizar estas rotinas, confira o artigo exclusivo sobre este assunto que a Employer preparou:

Artigo: 4 dicas para organizar os feedbacks do RH

Por fim, entendemos que uma equipe motivada é a soma de talentos, esforços e compromisso com entregas. Diante disso, a atuação estratégica do RH e das lideranças é essencial para treinar, valorizar e reconhecer quem colabora para o sucesso da empresa.

Se você tem alguma dica de ação, programa ou práticas de gestão voltadas à motivação, conte no espaço de comentários. Sua experiência pode ajudar outros colegas da área de gestão de pessoas.

 

Sobre o autor

Employer RH

Employer RH

Fundada em 1986, a Employer RH é reconhecida pela excelência na prestação de serviços de contratação, gestão, terceirização, administração de mão de obra temporária e de estágios.
É uma empresa de RH que desenvolve projetos de software e serviços online e na nuvem para este setor, como: folha de pagamento, benefícios ao trabalhador, ponto eletrônico, painel do RH, banco de currículos e gestão de cargos e salários.
A matriz localizada em Curitiba, conta com o apoio de mais de 30 filiais que atendem empresas de médio e grande porte de todas as regiões do Brasil.

Deixar comentário.

Share This