Rotinas de DP

TOP 5 – Como fazer a gestão de grandes equipes

Employer RH
Escrito por Employer RH

100, 200, 500, 1.000 empregados… seu desafio é acompanhar os resultados de uma grande equipe e ainda garantir o desenvolvimento de cada carreira, de forma individual. A Employer traz cinco pontos importantes que podem ajudar nesta tarefa

Um dos desafios na gestão estratégica de pessoas está no desenvolvimento de equipes com um grande número de colaboradores. Pode ser uma linha de produção com mais de cem pessoas, uma equipe financeira com trinta colaboradores ou novas políticas que precisam ser implantadas em toda a empresa. Planejamento e organização são essenciais. Para ajudar a montar um bom processo de gestão, que alcance todos os níveis de empregados, a Employer preparou um Top 5: são dicas práticas para facilitar o dia a dia e promover o desenvolvimento de todos os times. Confira a seguir.

  1. Desenvolvimento de líderes

Eles são seu principal ponto de contato nas grandes equipes. Talvez você não tenha tempo para falar com cada empregado, um a um. Por isso é fundamental ter um bom líder à frente de cada time. Eles podem fazer avaliações prévias, contribuir com relatórios periódicos de desempenho e trabalhar nos indicadores junto com o RH.

Estes líderes precisam ter algumas habilidades: facilidade de relacionamento, perfil motivador e capacidade crítica. Seu papel é auxiliá-los no desenvolvimento delas. Você tem líderes produtivos, mas desorganizados? Ou líderes que conseguem se organizar, mas têm dificuldades em analisar a produtividade dos empregados? Organize palestras e treinamentos específicos de gestão de liderança para garantir o desenvolvimento destas pessoas.

  1. Conhecimento específico de todas as áreas

Um treinamento de segurança no trabalho é útil para todos os colaboradores da empresa. Mas cada área tem suas particularidades e o RH precisa estar sempre atento a isso. Um bom ponto de partida para promover o desenvolvimento das pessoas em grandes equipes é analisar o plano de cargos e salários de todas as áreas. Dedique um tempo para cada time – por exemplo, uma grande linha de produção.

Quantos empregados há nesta área? Há trabalhadores com bastante tempo de casa, ocupando o mesmo cargo? Como você pode prepará-los para assumir vagas de supervisão? Quais treinamentos podem ser oferecidos aos líderes e quais treinamentos podem ser oferecidos ao grupo todo? O que precisa ser melhorado em cada setor?

Pensar somente em desenvolvimento generalizado pode ser pouco produtivo quando as equipes são grandes. O ideal é desenhar um mapa de cada área e, se necessário, dividir o trabalho com outros gestores de RH dentro da empresa.

  1. Comunicação padronizada

 Uma boa política de comunicação interna é fundamental para gerir grandes times. Concentre esforços em estabelecer formatos de comunicados e procure ferramentas para garantir o acesso à informação a todas as equipes.

Uma boa dica é elaborar um calendário de datas importantes nas quais a empresa deve falar com os empregados. Desta forma, todos têm a sensação de que a empresa é uma só; e de que cada colaborador é importante para alcançar os resultados.

Considere incluir na sua rotina de comunicação algumas datas, prazos e definições que costumam ser motivo de dúvidas entre os empregados. Algumas sugestões:

Ao se antecipar a estas dúvidas você também promove mais eficiência na comunicação interna da empresa, já que todos os trabalhadores têm acesso às informações com maior antecedência. Isso também evita falhas na comunicação e filas no setor de RH. Não esqueça: antes de divulgar as datas para todos os empregados, converse com os líderes para que possam auxiliar na comunicação com os trabalhadores de cada time.

  1. Foco em inovação

Capacidade de adaptação e foco em inovação: dois elementos fundamentais para fazer uma boa gestão de grandes equipes. O profissional de RH deve estar sempre de olho em notícias que impactam o mercado de trabalho, tanto da sua área quanto do segmento de atuação da empresa. …  Seja para capacitar os empregados ou para prepará-los para novas funções, o uso da tecnologia pode levar mais eficiência para suas atividades de desenvolvimento de pessoas. O universo online está repleto de cursos, treinamentos e até graduações que podem ser feitas à distância. Que tal incluir esta tarefa no seu planejamento de gestão de pessoas?

Se a empresa vai adquirir novos equipamentos, com outra tecnologia, para aumentar a eficiência de uma linha de produção, como os empregados serão treinados? Em casos assim, não esqueça também de explicar de forma didática quais os benefícios destas mudanças: isto faz com que os empregados sintam-se seguros em relação às mudanças.

  1. Uma boa política de RH

O que vale para um, vale para todos. Por isso, a política de RH da empresa precisa ser clara e seguida à risca em todos os processos, da contratação ao desenvolvimento de pessoas.

A sua política de RH precisa contemplar detalhes burocráticos de processos admissionais, questões de comportamento dentro da empresa, um plano de carreira para empregados de todos os setores. Isso também facilita o seu dia a dia na hora de solucionar conflitos, analisar indicadores e fazer o planejamento financeiro da área.

Não esqueça também que as regras devem estar disponíveis a todos os colaboradores, que precisam receber as informações assim que ingressam na empresa e sempre que houver uma mudança em algum ponto que afete diretamente a rotina de trabalho.

Está com dificuldades para fazer a gestão de um time com muitas pessoas? Conte a sua experiência nos comentários e troque informações com colegas da área.

 

Sobre o autor

Employer RH

Employer RH

Fundada em 1986, a Employer RH é reconhecida pela excelência na prestação de serviços de contratação, gestão, terceirização, administração de mão de obra temporária e de estágios.
É uma empresa de RH que desenvolve projetos de software e serviços online e na nuvem para este setor, como: folha de pagamento, benefícios ao trabalhador, ponto eletrônico, painel do RH, banco de currículos e gestão de cargos e salários.
A matriz localizada em Curitiba, conta com o apoio de mais de 30 filiais que atendem empresas de médio e grande porte de todas as regiões do Brasil.

Deixar comentário.

Share This